O Instituto Tembetá

Está situado no histórico bairro do Benfica, na rua Gervásio de Castro, 302, próximo às avenidas da Universidade e 13 de Maio. Área que abriga diversos centros da Universidade Federal do Ceará (UFC), incluindo sua reitoria, além de museus, livrarias, teatros, institutos e órgãos de pesquisa, centros educacionais e culturais.

Lugar de muitos casarões, o bairro luta para preservar um pouco do que foi a capital cearense nos primórdios do século XX, data de sua formação.

Bairro Benfica

O Benfica está ligado à família Gentil, especialmente ao banqueiro e coronel José Gentil, que em 1909 adquiriu uma chácara na Avenida Visconde de Cauípe, atual Avenida da Universidade. Em 1918 o banqueiro ergueu um palacete, que após reforma e ampliação se tornou a atual sede da reitoria da UFC. No passado recente muitas famílias de Fortaleza moravam no bairro Benfica. Elas migraram, a partir da segunda metade do século XX, para outros bairros da cidade, contudo, deixaram aqui o gosto pela arte e pela cultura que permanece tão presente ainda hoje.

O bairro foi palco de diversas manifestações estudantis durante a ditadura militar. Ainda hoje abriga inúmeros diretórios e sedes de partidos de esquerda. É neste pólo de efervescência histórica, política e científica, que o Instituto Tembetá se une às dezenas de instituições sociais que lutam pela manutenção da nossa cultura.

A sede

O Instituto Tembetá conta com amplo espaço voltado exclusivamente para o desenvolvimento da pesquisa arqueológica, além da sua salvaguarda e conservação. São mais de 400 m² dedicados à pesquisa, desenvolvimento de projetos e guarda de material arqueológico.

Possui sala para reuniões, estruturado laboratório para realização de inventário e análise de material arqueológico, duas amplas reservas técnicas, minibiblioteca com espaço dedicado à pesquisa bibliográfica e consulta de material arqueológico.

gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao usar este site, você concorda com nossas Políticas de Proteção de Dados.